Diretor do Butantan, Dimas Covas prevê 5 mil mortes diárias por covid: ‘Os próximos 15 dias serão dramáticos’


O médico afirmou ainda que não espera uma aceleração no processo de imunização no Brasil

[Diretor do Butantan, Dimas Covas prevê 5 mil mortes diárias por covid: 'Os próximos 15 dias serão dramáticos']Foto : Reprodução

Por Kamille Martinho

O médico Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, apontou que as mortes por Covid-19 no Brasil chegarão a cinco mil por dia e afirmou que não espera uma aceleração no processo de imunização no país.

Em entrevista ao Valor, Covas comentou que, pelos seus cálculos, até julho o país conseguirá imunizar quem tem mais de 60 anos, e talvez parte de quem está na casa dos 50. Segundo ele, uma dificuldade do governo continua sendo conseguir fazer com que mais vacinas cheguem rapidamente ao Brasil, porque laboratórios e produtores de insumos continuam às voltas com compromissos com outros clientes.

“Estamos num momento em que a velocidade de transmissão ainda é muito alta. Abril vai ser o mês dramático para o Brasil. Os próximos 15 dias serão muito dramáticos. Cruzamos a casa dos 2 mil, já passamos na casa dos 3 mil, estamos indo para os 4 mil e vamos chegar a 5 mil mortes por dia”, disse.

No mês passado, o Butantan produziu quase 1 milhão de doses por dia da Coronavac, desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Neste mês de abril, de acordo com Covas, o instituto vai entregar 10 milhões de doses.

Fonte: Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *